ATAM

Natureza, arte, sabor e muita história para contar.

Buscar

Acompanhe

Youtube Pinterest Facebook

NOVIDADES Ver todas as novidades

O Caminho Religioso da Estrada Real

Origens e detalhes do projeto

O Brasil é o 3º país a enviar turistas ao Caminho de Santiago, depois apenas da Espanha e da França;

O Turismo Religioso é o que mais cresce no mundo. 8,1 milhões de viagens no Brasil são motivadas pela fé, o que representa 3,6% de todas as realizadas no País;

Em Aparecida (SP), conhecida como o ‘coração católico do Brasil’, são recebidos anualmente 10,3 milhões de peregrinos;

O Santuário Estadual de Nossa Senhora da Piedade (Caeté/MG) recebe aproximadamente 10 mil pessoas/dia em ocasiões festivas;

O Estado de São Paulo tem um Circuito Turístico Religioso que abrange três municípios: Aparecida, Cachoeira Paulista e
Guaratinguetá.

Turismo Religioso

Segundo o Ministério do Turismo, o que diferencia um turista religioso de um turista interessado em (por exemplo) aventura ou lazer é a sua motivação: a fé. O segmento é - juntamente com os segmentos Cívico, Étnico, Místico e Esotérico - um dos nichos do Turismo Cultural no Brasil.

Levantamento realizado pelo Instituto de Pesquisas da Universidade de São Paulo mostra que cerca de 15 milhões de brasileiros são interessados em destinos religiosos. O movimento desencadeia a geração de empregos e, consequentemente, uma melhor distribuição de renda, o que pode ser traduzido em uma melhor qualidade de vida para a população.

O caminho se estende por 1032 km (entre Outro Preto e a Serra da Piedade. De Padroeira a Padroeira, o CRER liga Nossa Senhora da Piedade (Padroeira de Minas Gerais), em Caeté (MG), à Nossa Senhora Aparecida (Padroeira do Brasil), em Aparecida do Norte (SP).

O projeto envolve 86 municípios (37 na Rota Principal e 49 na Área de Abrangência).

Objetivos

Oferecer roteiro de peregrinação estruturado para um público
adepto de longas caminhadas, pedaladas ou cavalgadas, com foco no
turismo religioso;

Integrar as cidades pertencentes à Estrada Real por meio de um
produto inédito;

Aumentar a oferta de produtos turísticos nos mercados nacional e internacional;

Fortalecer destinos turísticos com vocação para o segmento religioso.

Conceitos

O Caminho Religioso da Estrada Real - CRER é baseado no Caminho de Santiago de Compostela (Séc. IX), que percorre 750 km, entre a França e aEspanha.

A expectativa é que o turista possa percorrer a pé, de bicicleta ou a cavalo, configurando-se uma opção de turismo e de peregrinação;

O trajeto será demarcado para que o peregrino seja capaz de se orientar com sinalização distribuída ao longo do percurso ou com guias com mapas;

A ideia é que o turista/peregrino receba uma credencial que será carimbada em pontos pré-estabelecidos (a serem definidos);

Ao final do percurso, um Certificado de Conclusão do Caminho Religioso será emitido para aqueles que tiverem todos os carimbos.

Cidades Contempladas

Rota Principal

MUNICÍPIOS MINEIROS

  • ITAMONTE (associada à ATAM)
  • ITANHANDU (associada à ATAM)
  • PASSA QUATRO (associada à ATAM)
  • POUSO ALTO (associada à ATAM)
  • SÃO SEBASTIÃO DO RIO VERDE (associada à ATAM)
  • Baependi
  • Barão de Cocais
  • Caeté
  • Carrancas
  • Casa Grande
  • Catas Altas
  • Caxambu
  • Congonhas
  • Conselheiro Lafaiete
  • Cruzília
  • Entre Rios de Minas
  • Itabirito
  • Lagoa Dourada
  • Mariana
  • Nova Lima
  • Ouro Branco
  • Ouro Preto
  • Prados
  • Raposos
  • Rio Acima
  • Sabará
  • Santa Bárbara
  • São Brás do Suaçuí
  • São João Del Rei
  • São Lourenço
  • Soledade de Minas
  • Tiradentes


Municípios Paulistas

  • Aparecida
  • Cachoeira Paulista
  • Cruzeiro
  • Guaratinguetá
  • Lorena

Áreas de Influência

  • AIURUOCA (associada à ATAM)
  • ALAGOA (associada à ATAM)
  • VIRGÍNIA (associada à ATAM)
  • Acaiaca
  • Alvinópolis
  • Barbacena
  • Barra Longa
  • Barroso
  • Belo Horizonte
  • Belo Vale
  • Bocaina de Minas.
  • Bom Jesus do Amparo
  • Brumadinho
  • Carandaí
  • Carmo de Minas
  • Catas Altas da Noruega
  • Conceição da Barra de Minas
  • Conceição do Rio Verde
  • Coronel Xavier Chaves
  • Cristiano Otoni
  • Desterro de Entre Rios
  • Diogo Vasconcelos
  • Dom Viçoso
  • Dores do Campo
  • Ibertioga
  • Itaverava
  • Itutinga
  • Jeceaba
  • Luminárias
  • Madre de Deus de Minas
  • Marmelópolis
  • Minduri
  • Moeda
  • Nazareno
  • Nova União
  • Piedade do Rio Grande
  • Piranga
  • Queluzito
  • Resende Costa
  • Rio Piracicaba
  • Ritápolis
  • Santa Cruz de Minas
  • Santa Luzia
  • Santana dos Montes
  • São Gonçalo do Rio Abaixo
  • São Tomé das Letras
  • São Vicente de Minas
  • Taquaraçu de Minas

Passo a Passo 

2011

A demarcação do trajeto da rota foi concluída em outubro. Esta etapa consistiu no mapeamento, nos municípios integrantes da rota principal da Estrada Real, das potencialidades histórico-culturais e, sobretudo, religiosas, assim como, da infraestrutura turística e de apoio disponível.

2012

Em 31 de julho, o governador Anastasia, em evento realizado na Serra da Piedade (Caeté/MG) declarou o Santuário Nossa Senhora da Piedade como Atrativo Turístico de Especial Relevância para Minas Gerais.

A elaboração do conceito e das peças gráficas previstas (carimbos, mapas, guias turísticos, passaporte e certificado de conclusão da rota de
peregrinação) foi finalizada em julho.

2013

Contratada e empresa responsável pela execução das intervenções físicas previstas para a 1º fase da estruturação.
A primeira placa interpretativa foi instalada na Serra da Piedade em 12 de dezembro, na Serra da Piedade.

2014

Até maio serão instalados:

22 quiosques - Paradas para Descanso de Peregrinos;
38 paraciclos - Estruturas para parar Bicicletas;
01 escada de acesso;
03 passarelas;
64 placas informativas;

Reparação de 01 cabeceira de ponte;
Reparação de 01 pinguela;
Instalação de 1771 totens indicativos;
Instalação de 60 placas de advertência motoristas -– Avisos na Estrada.

Marcos Importantes 

Em 12/12/2013, a Serra da Piedade recebeu a primeira placa interpretativa do Caminho e foram assinados convênios de cooperação técnica com os municípios da rota principal para a instalação das intervenções físicas.

Um ano após a declaração do Santuário como Atrativo Turístico de Especial Relevância, em 31 de julho de 2013, em evento na Serra da Piedade, foi dada ordem de início para a estruturação física do CRER.

Em 31 de julho de 2012 o Conjunto Paisagístico, Artístico e Cultural do Santuário Nossa Senhora da Piedade foi declarada, por meio de Decreto Estadual, como Atrativo Turístico de Especial Relevância. Evento aconteceu na Serra da Piedade com a presença do Governador Anastasia, do Arcebispo Dom Walmor e do Secretário de Estado de Turismo Agostinho Patrus. Também foi lançada a logomarca do CRER.

No dia 12/07/2011, aconteceu em Belo Horizonte seminário para apresentação do projeto pelo secretário de Estado de Turismo, Agostinho
Patrus Filho, com a participação de Dom Walmor, da Secretária de Planejamento Renata Vilhena e dos 86 prefeitos da rota principal e áreas de abrangência do projeto.

Durante os meses de julho e agosto/2011, foram realizadas reuniões com os párocos, os responsáveis pela pasta de turismo dos municípios
e demais atores envolvidos com o turismo religioso nas localidades para apresentação do projeto. E seminários de articulação comunitária.
 

 

Compartilhe

Ver todas as novidades